Exercício e Atividade Física: Qual a Diferença?

Aprenda a diferença entre atividade física e exercício, e como cada um pode contribuir para a aptidão física.

A atividade física é definida como movimento que envolve a contração de seus músculos. Qualquer das atividades que fazemos ao longo do dia que envolvem movimento:

  • tarefas domésticas,
  • jardinagem,
  • caminhada,
  • subir escadas

São exemplos de atividade física.

O exercício físico é uma forma específica de atividade física – atividade física planejada e intencional realizada com a intenção de adquirir condicionamento ou outros benefícios à saúde, diz David Bassett, Jr., PhD, professor do departamento de estudos de exercício, esporte e lazer no Universidade do Tennessee, Knoxville.

Trabalhar em um clube de saúde, natação, ciclismo, corrida e esportes, como golfe e tênis, são todas formas de exercício.

Atividade Física e Exercício: Entendendo a Diferença

A maioria das atividades físicas diárias é considerada leve a moderada em intensidade. Há certos benefícios de saúde que só podem ser realizados com atividades físicas mais extenuantes. Melhoria na aptidão cardiovascular é um exemplo.

Correr ou correr proporciona maior benefício cardiovascular do que caminhar a um ritmo calmo, por exemplo. Além disso, o condicionamento físico aprimorado não depende apenas da atividade física que você faz, também depende de quão vigoroso e por quanto tempo você continua a atividade.

É por isso que é importante exercitar-se dentro do seu limite de frequência cardíaca ao fazer cardio, por exemplo, para atingir um determinado nível de intensidade.

Atividade Física e Exercício: Entendendo a Intensidade

Como você pode saber se uma atividade é considerada moderada ou vigorosa? Se você puder falar enquanto o executa, é moderado.

Se você precisa parar para recuperar o fôlego depois de dizer apenas algumas palavras, é vigoroso. Dependendo do seu nível de condicionamento físico, um jogo de duplas de tênis provavelmente seria moderado em intensidade, enquanto um jogo de solteiros seria mais vigoroso.

Da mesma forma, a dança de salão seria moderada, mas a dança aeróbica seria considerada vigorosa. Mais uma vez, não é apenas a sua escolha de atividade, é quanto esforço exige.

Atividade Física e Exercício: Componentes da Aptidão Física

Idealmente, um programa de exercícios deve incluir elementos projetados para melhorar cada um desses componentes:

Resistência cardiorrespiratória.

Melhore sua resistência respiratória – sua capacidade de praticar exercícios aeróbicos – por meio de atividades como:

  • caminhada rápida
  • corrida
  • ciclismo
  • natação
  • pular corda
  • remo ou esqui cross-country.

Ao atingir as metas de distância ou intensidade, redefina-as ou mude para uma atividade diferente para continuar desafiando-se.

Força muscular.

Você pode aumentar a força muscular de forma mais eficaz, levantando pesos, usando pesos livres, como halteres e halteres ou máquinas de peso.

Resistência muscular.

Melhore a sua resistência através de exercícios calistênicos (exercícios condicionantes), musculação e atividades como correr ou nadar.

Flexibilidade.

Trabalhe para aumentar o seu nível de flexibilidade através de exercícios de alongamento que são feitos como parte de seu treino ou através de uma disciplina como yoga ou pilates que incorpora o alongamento.

Embora seja possível abordar todos esses componentes de condicionamento físico com um estilo de vida fisicamente ativo, um programa de exercícios pode ajudá-lo a obter benefícios ainda maiores.

Aumentar a quantidade de atividade física em sua vida cotidiana é um bom começo – como estacionar a poucos quarteirões do seu destino para caminhar.

Mas, para alcançar realmente metas de condicionamento físico, convém incorporar atividades estruturadas e vigorosas à sua agenda para ajudar você a atingir ainda mais suas metas de condicionamento físico e saúde.